Libbs e Hospital Albert Einstein selam parceria para pesquisas

Libbs e Hospital Albert Einstein selam parceria para elaboração de pesquisas clínicas, numa iniciativa que reforça a tendência do investimento nessa área.

A empresa Libbs é uma das maiores indústrias farmacêuticas brasileiras, e anualmente investe 10% de sua receita líquida em pesquisas e desenvolvimento. Em 2017, a empresa farmacêutica teve a receita de R$ 1,3 bilhão. Somente nas pesquisas recém iniciadas, os investimentos totalizaram cerca de R$ 30 milhões.

Normalmente, os estudos para registro de medicamentos são conduzidos por organizações internacionais. Segundo a diretora de relações internacionais da Libbs, esses protocolos serão desenvolvidos localmente, para aumentar a rapidez das pesquisas. A parceria para a realização desses estudos ficará responsável pela recém-inaugurada unidade de serviço de pesquisas clínicas do Hospital Albert Einstein, em conjunto com a Academic Research Organization (ARO).

Ainda a executiva, o contrato engloba dois estudos com o Zedora, biossimilar usado no tratamento de câncer de mama, que tem duração de três a cinco anos, aproximadamente. O objetivo é captar dados de vida real após o registro, seguindo a prática muito usada pelas indústrias farmacêuticas norte-americanas.

Além disso, segundo os responsáveis pela iniciativa, há planos de conduzir estudos nas áreas da cardiologia e oncologia. Até o momento, a Libbs tem sete projetos em andamento, sendo cinco deles em fase de discussão com o Einstein.

O Hospital Albert Einstein foi pioneiro a implantar um centro acadêmico voltado à coordenação de estudos clínicos multicêntrico. Seu trabalho vem sendo publicado nos principais veículos internacionais de referência. Além da parceria com a Libbs, o Einstein tem dois contratos com o governo federal, incluindo o desenvolvimento de uma polipílula para diabetes, hipertensão e colesterol.

 



Leia também: Hospital Santa Catarina anuncia investimento de R$ 5 milhões

 

Hospital Albert Einstein

Localizado no distrito do Morumbi, zona oeste da cidade de São Paulo, o Hospital Albert Einstein é uma das unidades de saúde mais conhecidas do Brasil pela qualidade de atendimento e pelos equipamentos e especialidades médicas de que dispõe para tratar os principais tipos de patologias.

Tem mais de 6 mil médicos cadastrados, sendo o hospital privado mais moderno da América Latina. Em 1999 tornou-se a primeira instituição de saúde fora dos Estados Unidos a ser reconhecida pela Joint Commission International (a certificadora de serviços de saúde mais importante do mundo). O hospital se tornou referência na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças na área da cardiologia, oncologia, ortopedia, neurologia e cirurgia.

DATA
19-11-18
CATEGORIAS

COMPARTILHE