Mercado de seguro de vida cresce no Brasil

Dados divulgados pelo Sindicato dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), apontou um crescimento que varia de 5% a 10% no setor de seguros de vida, representando um faturamento em torno de R$10 milhões às seguradoras.

Apesar da crescente, a busca pelo seguro de pessoas ainda é pequena, onde apenas 7% da população brasileira possui este produto. Segundo Roberto Lopes, coordenador da Comissão de Vida e Previdência do Sincor-SP, o que guia a demanda deste serviço coletivo são as condições macroeconômicas. O crescimento do PIB, a queda no desemprego, entre outros fatores, influenciam na procura pelas coberturas.

Leia também: Seguro de vida x Acidentes pessoais: Entenda a diferença

As interferências externas como reforma trabalhista e previdenciária trouxe um novo cenário para o setor, criando um espaço maior para flexibilização das contratações.

Segundo economistas, a previsão para este ano é que haja uma alta de 2,5% a 3% no PIB do país. A previsão está sendo acompanhada de perto pelos profissionais do setor de seguros, que estão otimistas com melhores resultados em 2018. A conjectura do aumento no indicador, traz também, uma probabilidade de crescimento na contratação do produto de seguro de vida.

DATA
19-04-18
CATEGORIAS

COMPARTILHE