Pronto-socorro ou Consulta Eletiva?

Em que momento a consulta pré-agendada é a melhor escolha? 

A maioria dos beneficiários de planos de saúde frequentam pronto-atendimento médico. Segundo o Ministério da Saúde, 50% a 70% dos pacientes, procuram este tipo de serviço chamado “urgência relativa”.  

Muitos dos casos poderiam ser avaliados em uma consulta especializada. Isso impacta diretamente no custo do Plano de Saúde, já que os atendimentos em prontos-socorros não são serviços previstos, acarretando numa maior coparticipação. 

A procura excessiva pelo pronto atendimento em casos sem gravidade, pode acabar por competir com os que realmente precisariam de atenção. Um fator determinante na melhor escolha, é sua efetividade.  

Em um atendimento pré-agendado, há maior possibilidade de identificar possíveis problemas de saúde e encaminhar para a solução mais adequada.

Já em um atendimento no PS, o suporte acaba não sendo tão efetivo, uma vez que é tratado apenas o problema urgente. 

Dicas para utilização do seu Plano de Saúde 

  • Invista na prevenção: consultas eletivas e exames periódicos auxiliam o diagnóstico precoce de doenças; 
  • Dê preferência às consultas agendadas: reduzindo internações e idas ao pronto-socorro para situações de rotina; 
  • Médico de confiança na rede credenciada de seu plano: ir sempre ao mesmo médico agiliza o atendimento, já que o especialista tem acesso ao seu histórico de consultas e exames; 
  • Valide as informações de sua consulta: certifique-se de que o serviço que consta na guia foi o que você utilizou, e se ela está preenchida corretamente; 

Utilize o pronto-socorro somente em casos de urgência e emergência, como: 

  • Vômito e diarreia em excesso; 
  • Febre que não cessa há, pelo menos, 2 dias;  
  • Fraturas;  
  • Quedas;  
  • Fortes dores de cabeça. 

Para exemplificar, suponhamos que um paciente realize um determinado exame em dois hospitais diferentes, sendo um, o Pronto-Socorro e o outro, uma Consulta Agendada. Veja a diferença: 

Com uma simples e rápida análise no quadro, podemos perceber que a consulta eletiva, além de possibilitar uma chance maior de cura, também gera menos custos ao beneficiário, já que todo gasto tem a cobrança de coparticipação. No entanto, o Pronto Socorro além de ser mais caro, o beneficiário acaba indo mais vezes e não tratando o problema.

Caso precise de atendimento emergencial, não hesite em ir ao pronto-socorro, mas para evitar estados graves de saúde e até mesmo um gasto maior de coparticipação, agende suas consultas e utilize de forma consciente seu plano de saúde. 

Em caso de dúvidas, entre em contato com a nossa equipe médica para lhe auxiliar de forma eficiente e eficaz. 

DATA
19-06-19
CATEGORIAS

COMPARTILHE