A importância de ser Doador de Sangue

A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com objetivo de incentivar a doação de sangue.  

Anualmente, cerca de 3,5 milhões de brasileiros doam sangue, sendo 2,8 milhões de pessoas beneficiadas pela ação. De acordo com o Ministério da Saúde, 1,6% da população é doadora.  Apesar do índice estar dentro dos parâmetros estipulados pela OMS, o Ministério da Saúde vem sensibilizando a população sobre a importância de se tornar um doador. 

O sangue beneficia diversos pacientes 

  • Transportar oxigênio e nutrientes para as células do corpo  
  • Transporta os hormônios das glândulas endócrinas, auxiliando no processo de defesa   

Juntamente com o sangue, o plasma ajuda no:

  • processo de coagulação do sangue.

Plaquetas  

  • ajuda na cicatrização de feridas,  

glóbulos brancos 

  •  combatem bactérias e infecções. 

Caminho para doar sangue! 

Para se tornar um doador, é necessário:

  • Ter entre 16 e 69 anos,  
  • Pesar no mínimo 50 kg; 
  • Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas; 
  • Não doar em jejum; 
  • E claro, ter um documento com foto. 

Algumas condições que impossibilitam a doação temporariamente: 

  • Gravidez; 
  • Tatuagem; 
  • Gripe; 
  • Cirurgia odontológica. 

Fatores que impossibilitam permanentemente a doação: 

  • Infectados com HIV, Hepatites do tipo B e C, HTLV tipo 1 e 2, e Chagas; 
  • Usuários de drogas ilícitas. 

(Dados da Fundação Pró-Sangue

Ser um doador de sangue é um ato de empatia com o próximo e que pode ajudar milhares de vidas. 

Em caso de dúvidas, entre em contato com o nossa área médica através:

enfermagem@celebrecorretora.com.br e duvida@celebrecorretora.com.br

DATA
11-06-19
CATEGORIAS

COMPARTILHE