O que é Psoríase?

Fique atento aos sinais e sintomas da doença.

Psoríase é uma doença autoimune de longa duração caracterizada por manchas na pele, as manchas têm características avermelhadas, recobertas por escamas esbranquiçadas e não é contagiosa. Normalmente a doença atinge pessoas com idade entre 16 a 22 anos e de 57 a 60 anos. 

Existem vários tipos de psoríase, que são tratados de formas diferentes. Dentre eles estão: 

  • Psoríase Invertida 
  • Psoríase Gutata 
  • Psoríase Ungueal 
  • Psoríase Pustulosa 
  • Psoríase Eritrodérmica 
  • Psoríase Artropática ou Artrite Psoriásica 
  • Psoríase Palmo-plantar

A doença afeta cerca de 1 a 5% da população mundial. Pessoas de pele clara estão em maior risco, enquanto pessoas negras estão menos propensas a desenvolver. 

Causas 

Está relacionada a um excesso de linfócito T uma célula de defesa do organismo, mas a maioria das vezes ela surge através de um componente genético, sendo mais frequente em familiares de pacientes com psoríase. Entre 30% e 40% dos pacientes têm histórico familiar da doença. 

Outros fatores que podem aumentar as chances de uma pessoa adquirir a doença são: 

  • Estresse – pessoas com altos níveis de estresse possuem sistema imunológico debilitado. 
  • Tempo frio – pois a pele fica mais ressecada; a psoríase tende a melhorar com a exposição solar
  • Consumo de bebidas alcoólicas e Tabagismo. 

Sinais e Sintomas

Os sintomas variam conforme o tipo da doença e o grau que ela se encontra, mas podem incluir: 

  • Manchas vermelhas com escamas secas esbranquiçadas ou prateadas; 
  • Pequenas manchas brancas ou escuras residuais pós lesões; 
  • Pele ressecada e rachada; às vezes, com sangramento; 
  • Coceira, queimação e dor; 
  • Unhas grossas, sulcadas, descoladas e com depressões puntiformes; 
  • Inchaço e rigidez nas articulações. 

Tratamento

A escolha do tratamento depende de vários fatores, como gravidade da doença, sendo necessário uma análise que dependerá do tipo de psoríase desenvolvida e do histórico do paciente, mas entre todos os tipos de psoríase o tratamento tem pelo menos um dos seguintes objetivos: 

  • Reduzir a inflamação e formação das placas, fazendo com que as células da pele parem de crescer tão rapidamente 
  • Regular e normalizar a aparência da pele. 

Pacientes que apresentam uma forma leve de psoríase, com medicações tópicas e orientações sobre os benefícios da exposição solar, conseguem a reduzir as lesões. Já os pacientes que apresentam formas de psoríase mais graves, necessitam de medicamentos sistêmicos, que podem ser de uso oral ou subcutâneo, para o controle da doença. 

Com os tratamentos disponíveis atualmente, é possível ter boa qualidade de vida e prevenir possíveis complicações.