Vacinação: a importância de se previnir

A vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção e erradicação de doenças. O ditado popular “melhor prevenir do que remediar” se aplica perfeitamente à vacinação, visto que é muito melhor e mais fácil prevenir uma doença, por meio da vacinação, do que tratá-la.   

As vacinas protegem o organismo contra os vírus e bactérias, responsáveis por provocar vários tipos de doenças graves, que podem afetar seriamente a saúde das pessoas e, inclusive, levá-las à morte. 

O calendário de imunização foi criado através do Programa Nacional de Imunização (PNI), e segue como modelo nacional para ações em todos os estados brasileiros. Há vacinas obrigatórias que tomamos logo nos primeiros meses de vida:   

Adotado pelo Programa Nacional de Imunizações, modificado pela Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo-SP, 1998

Tabela de vacinação
*Pode ser aplicada desde o nascimento.  
**Reforço a cada 10 anos, por toda vida.  

E aquelas através de campanhas de vacinação, conforme o período do ano onde determinada doença tem maior propagação, região que seja área de risco, e até mesmo, para viagens nacionais e internacionais.   

Atualmente, o Ministério da Saúde vem promovendo campanhas para imunização para combater as epidemias:  

É necessário que as vacinas estejam em dia em sua carteirinha de vacinação. A imunização não protege apenas quem recebe a vacina, mas também a comunidade como um todo. Lembrando que, vacinação não é apenas para as crianças.  

Quanto mais pessoas estiverem vacinadas, menor a chance de novos surtos e mais fácil o controle da doença.   

Por isso, é importante que você esteja com as vacinas em dia, verifique sua carteirinha de vacinação e vacine-se!   

Não dê mole para esses males! 

DATA
20-05-19
CATEGORIAS

COMPARTILHE